FacebookTwitter

Dons do Espírito e dons da carne

By on jul 1, 2015 in Coisas do Alto, Igreja |

Share On GoogleShare On FacebookShare On Twitter

A Bíblia deixa claro que os dons espirituais são dados por Deus para a edificação dos santos. Ou seja, Deus nos dá capacidades, talentos, “skills”, resultado do nosso relacionamento com Ele e do fato de deixamos o Espírito Santo dominar a nossa vida. Assim, quanto mais atentos estamos à ação do Espírito em nossa vida, mais somos capazes de servir aos outros de uma forma especial, única, personalizada.

O discípulo de Jesus que procura identificar o seu dom espiritual pode servir de uma forma mais eficiente e proveitosa, pois vai juntar o útil ao agradável. Vai ter todo o seu potencial aproveitado, se tornando um servo útil.

Porém, no mesmo capítulo onde Paulo fala sobre os dons espirituais aos Efésios, ele fala sobre a renovação da nossa mente, sobre pecados que nos assolam dia a dia. E cita que estes pecados entristecem o Espírito Santo (Ef 4:30), potencialmente bloqueando o uso adequado dos dons. A lista de pecados a evitar ocupa mais espaço do que a lista dos dons.

Cada pessoa tem as suas deficiências. Podemos chamá-las de falhas de caráter, questões de temperamento, até de carga genética. Independente do nome dado, são um conjunto de comportamentos que são usados pelo inimigo das nossas almas para machucar os outros, causar feridas, trazer ressentimentos, e nos afastar de Deus.

São o oposto dos dons espirituais! A Bíblia chama de “obras da carne”, mas poderíamos chamá-los de “dons carnais”! Se os dons espirituais são usados para abençoar as pessoas, os dons carnais são usados para amaldiçoá-las, afastá-las de nós e de Deus.

Ao mesmo tempo que buscamos com alegria identificar os nossos dons espirituais, devemos buscar entender quais são os nossos “dons carnais”. Quais as nossas atitudes que ferem as pessoas? Qual o comportamento que tenho que me afasta de Deus? Paulo sugere essa lista aos Gálatas: “imoralidade sexual, impureza e libertinagem, idolatria e feitiçaria, ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes”

Você conhece os seus dons espirituais? É bom que você conheça e os desenvolva. É um esforço constante.

Você conhece os seus “dons carnais”? O Diabo conhece e usa. É bom que você conheça e peça a Deus para que, através do Espírito Santo, transforme a sua vida. É um esforço constante.